SALAMANDRA: revista do Grupo Surrealista de Madrid

Editada pelo Grupo Surrealista de Madrid (GSM) desde o recuado ano de 1987, acabou de sair no final da Primavera de 2021, o número duplo 23/24 da revista Salamandra – intervención surrealista – imaginación
insurgente – crítica de la vida cotidiana (464 pp.), da qual Mário Cesariny foi em vida colaborador e amigo próximo.


Numa breve nota como esta é impossível dar conta da riqueza, da diversidade, da novidade e do interesse dos materiais que este volume de quase meio milhar de páginas dá a público. Limitamo-nos pois a fazer um apanhado geral da revista, guardando para mais tarde uma leitura mais atenta e pormenorizada. O destaque da capa é dado pela frase “Dal comunismo del genio ao genio de lo común”, onde se reconhece a dupla identidade – poética e política – da revista e do grupo que a publica.
Para lá das secções onde se reconhece com propriedade a acção surrealista (jogos lúdicos, escrita automática, amor erótico, eros enamorado, laboratório onírico, laboratório mágico e outros), assinalamos no miolo do volume as colaborações de Jesús García Rodríguez, Jöel Gayraud, Guy Girard, Vicente Gutiérrez Escudero, Jose Manuel Rojo, Lurdes Martínez, Andrés Devesa, Julio Monteverde, Massimo Borghese, Noé Ortega, Bruno Jacobs, Eugenio Castro, este com um texto sobre a “arte dos loucos”, já publicado em 2020 na revista A Ideia, em tradução de Pedro Morais.
Aponte-se ainda a forte participação de gente portuguesa no volume – Júlio Henriques, Jorge Valadas (com uma importante reflexão sobre o significado das Zonas Autónomas a Defender), Joëlle Ghazarian, Sílvia das Fadas, Ana Marques… – e as colaborações de Corsino Vela, colaborador ele também da revista Flauta de Luz, e o de Anselm Jappe, este com um curioso texto sobre a situação da criança na sociedade tecno-transgénica.
Registamos por fim a generosa recensão (v. p. 460-461) que é feita ao volume de 2019 da revista A Ideia (n. os 87/88/89), assinada por EC (Eugenio Castro).
Estes e outros números da revista Salamandra podem ser pedidos para a livraria Letra Livre em Lisboa ( https://www.letralivre.com/ ). Deixamos de seguida ligação para a apresentação escrita que o grupo de Madrid fez
do volume e onde o leitor pode encontrar a capa da revista, o sumário, o índice e até o “Aviso al Lector” que abre o volume (pp. 7-23) e aparece assinado por 10 nomes – Eugenio Castro, Andrés Devesas, Javier Gálvez, Jesús García Rodriguez, Vicente Gutiérrez Escudero, Lurdes Martínez, Noé Ortega, Jose Manuel Rojo, María Santana, Leticia Vera – todos membros do GSM.

Mais informações disponível em:

https://www.gruposurrealistademadrid.org/manual-de-prestidigitacion-para-la-salamandra-23-24

ACF

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s